Vocabulário

Partes do Corpo em Inglês: aumente seu vocabulário!

Written by Rafael Teixeira

Saber as partes do corpo em inglês é essencial para o domínio da língua, e geralmente faz parte do currículo inicial de diversos cursos de idiomas. Há um motivo para isso: as partes do corpo em inglês podem ser mais facilmente aprendidas com a associação entre a palavra e o exemplo demonstrado no próprio corpo.

Em outras palavras, torna-se mais fácil aprender com a exemplificação da própria imagem. Não à toa, a popular música “head and shoulders, knees and toes” (cabeça e ombro, joelho e pé) é tão popular para o aprendizado em diversos idiomas. Com um exemplo gráfico e um pouco de ritmo, é possível lembrar facilmente o nome dessas palavras, associando-as definitivamente a um exemplo lúdico.

Saiba como são as partes do corpo em inglês, e alguns truques para memorizar essas palavras:

Partes gerais

Pode-se dividir o corpo em segmentos distintos para facilitar o aprendizado. As partes do corpo em inglês podem ser separadas nos seguintes segmentos:

Head: significa cabeça. Não confundir com o rosto propriamente dito, que é face.

Torso: é o que geralmente chamamos de tronco. Pode ser chamado, ainda, de upper body em um termo mais amplo, referindo-se a todo o corpo acima da cintura.

Arms: significa braços. No singular, fala-se arm.

Legs: são as pernas. No singular, fala-se leg.

Partes do rosto

As partes do rosto, que chama-se face são desafios comuns entre as partes do corpo em inglês. Não há motivos, no entanto, para assustar-se:

Eyes: significa olhos. No singular, fala-se eye;

Ears: significa orelhas. No singular, fala-se ear;

Nose: significa nariz;

Mouth: significa boca;

Forehead: significa testa;

Cheeks: significa bochechas. No singular, fala-se cheek;

Chin: significa queixo;

Membros

Parte importante do vocabulário é, ainda, os membros e suas partes. Pode-se dividir os membros entre os superiores e os inferiores, que – na língua inglesa – possuem uma diferença maior do que na língua portuguesa. Confira:

Arms: significa braços. No singular, fala-se arm;

Elbows: significa cotovelos. No singular, fala-se elbow;

Hands: significa mãos. No singular, fala-se hand;

Fingers: significa dedos das mãos. No singular, fala-se finger. Deve-se tomar cuidado para não confundir com hábitos da língua portuguesa. Em inglês, os dedos das mãos e dos pés possuem nomes diferentes.

Thumb: significa polegar da mão;

Wrist: significa pulso (apenas no sentido anatômico. O pulso do coração é “pulse”);

Nail: significa unha;

Legs: significa pernas. No singular, fala-se leg;

Thigh: significa coxa. No plural, fala-se thighs;

Knee: significa joelho. No plural, fala-se knees;

Calf: significa panturrilha. No plural, fala-se calves;

Ankle: significa tornozelo. No plural, fala-se ankles;

Feet: significa pés. No singular, fala-se foot;

Toes: significa dedos dos pés; No singular, fala-se toe. Vale lembrar, novamente, que os dedos das mãos e dos pés recebem nomes diferentes. Fingers para as mãos, toes para os pés;

A boca

Outra parte importante para o desenvolvimento do vocabulário entre as partes do corpo em inglês é a boca. Com várias partes internas, ela geralmente é cobrada em testes e provas a respeito do assunto:

Mouth: significa boca;

Lips: significa lábios; No singular, fala-se lip;

Tongue: significa língua;

Teeth: significa dentes. No singular, fala-se tooth;

Órgãos internos

Se o que você busca saber entre as partes do corpo em inglês é o significado de cada órgão interno, a tarefa torna-se um pouco mais visual, mas não é mais difícil. Por sorte, os principais órgão internos costumam ser utilizados em diversos outros contextos, o que facilita sua lembrança. Confira:

Brain: significa cérebro;

Heart: significa coração;

Lungs: significa pulmões. No singular, fala-se lung;

Liver: significa fígado;

Kidneys: significa rins. No singular, fala-se kidney;

Bladder: significa bexiga;

Stomach: significa estômago;

Intestine (Colon): significa intestino, Distinguem-se entre large e small, como na língua portuguesa.

About the author

Rafael Teixeira

Leave a Comment